Um Dia Após o Outro!

2ª Mega Oferta Amazon

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2014

2014 logo estará aí!

Faltam apenas alguns minutos!
Vamos celebrar mais um ano que se aproxima!
É tempo de planejar como iremos viver os próximos 365 dias!

Você poderá fazer o que quiser neste novo ano!
Poderá programar diversas coisas!

Mas...

Faça-as!
Não perca tempo se lamentando pelo que não fez em 2013!
Aproveite 2014 para fazê-las!

Um ótimo 2014 para todos nós!

Janaína Schüssler

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

UM MINUTO APENAS!!

Amigos!
Escolhi esta linda mensagem para postar hoje, na véspera do Natal!
Onde nossos Corações ficam mais sensíveis e nossos Olhos enxergam mais!
Feliz Natal!


UM MINUTO APENAS!!
Um minuto ou alguns segundos podem fazer total diferença, nas nossas escolhas para a vida...
Reflitam!!
Lúcia era uma mulher feliz, como poucas, acreditava. Casada com o homem por quem se apaixonara nos verdes anos da adolescência, vivia o sonho da mulher realizada. Um filho lhe viera coroar a felicidade. Que mais ela poderia desejar?
Acordava pela manhã e saudava o dia cantarolando. Com alegria realizava as tarefas do lar, cuidava do filho, aguardava o marido.
Tudo ia muito bem até o dia em que descobriu que o homem que tanto amava, a traía. E não era de agora. O problema vinha tomando corpo há algum tempo. Magoada, se dirigiu ao marido e exigiu-lhe respeito. A resposta foi brutal, violenta. O homem encantador tornou-se raivoso, briguento. Chegou a bater-lhe.
Foi nesse dia que Lúcia teve a certeza de que seu casamento acabara. Não poderia continuar vivendo com alguém que chegara à agressão física. Então, acordou na manhã de tristeza, depois de uma noite de angústia, e tomou uma séria decisão: iria se matar. Acabar com a própria vida. Mais do que isto, ela desejava vingança.
Por isso, tomou o filho de quatro anos pela mão e decidiu que o mataria. Queria que o marido ficasse com drama de consciência. Seu destino era o farol da Barra, na cidade de Salvador, Bahia, onde residia. Ela sabia que era um local onde o mar batia com violência no penhasco.
A rua por onde transitava era muito movimentada. Enquanto aguardava para fazer a travessia, a criança escapou da sua mão e correu por entre os carros. Ela se desesperou. Estranho paradoxo. Conduzia a criança para jogá-la ao mar mas, quando a vê correr perigo, esquece de si mesma e vai-lhe no encontro, agarra-a e a puxa pela mão, um tanto nervosa.
Nesse momento, a criança se abaixa, alheia a tudo que se passava, e recolhe do chão um papel. Lúcia o toma das mãos do pequeno e um título, em letras grandes, lhe chama atenção: “UM MINUTO APENAS”. Ela lê: num minuto apenas, a tormenta acalma, a dor passa, o ausente chega. O dinheiro muda de mão, o amor parte, a vida muda….”
Vai andando, puxando a criança e lendo a página. Era uma mensagem de otimismo. Terminou de ler. Passou o ímpeto. Em um minuto. Parou, olhou ao redor e verificou que tinha chegado ao seu destino. O penhasco estava próximo, Sentou-se e teve uma crise de choro.
O impulso de se matar havia desaparecido. Tornou a ler a mensagem e se lembrou de uma amiga, muito otimista e muito querida que poderia lhe ajudar. Sua amiga ajudou-a ouvindo os gritos de sua alma aflita, dando-lhe apoio, indicando bons livros e fazendo juntas uma oração.
Lúcia passou a orar, a ler e fazer cursos que a ajudassem a superar a crise. O marido, notando-lhe a mudança, a calma no transcorrer dos dias e com a possibilidade de uma separação, também fez sua reflexão, também procurou ajuda.
Após um amadurecimento de ambos, resolveram se darem uma nova chance. Reconstituíram sua vida, se refizeram. Os anos rolaram, o garoto hoje é um adolescente e mais dois filhos se somaram a ele.
Mudança de rumo. A vida muda, em um minuto apenas.
Em um minuto apenas Deus providencia o socorro. Pode ser um coração atento, uma mão amiga ou um pedaço de papel impresso, caído na calçada. Papel que o vento não levou para longe.
Um minuto apenas e o amor volta, a esperança renasce.
Um minuto apenas e o sol rompe as nuvens, clareando tudo.
Não se desespere, espere. Um minuto apenas. O socorro chega. O panorama se modifica. A vida refloresce.
Tenha paciência. Não se entregue à desesperança. Aguarde. Enquanto você sofre, Deus providencia o auxílio.
Aguarde. Um minuto apenas.
Queridos Amigos!!
Jamais tome um decisão quando estiverem nervosos, estressados, pois quando a calma chegar pensamentos melhores virão para a solução de qualquer problema!

sábado, 21 de dezembro de 2013

Feliz Natal!!

Prece do Natal

Senhor Jesus!..
Conhecemos os teus ensinamentos.
Auxilia-nos a cumpri-los.
Guardamos as tuas palavras.
Ampara-nos, a fim de que venhamos a traduzi-las em trabalho, no serviço aos semelhantes.
Legaste-nos o amor uns aos outros, por legenda da própria felicidade.
Guia-nos à prática dessa lição bendita, de maneira a que o nosso dia-a-dia se faça caminho de fraternidade e luz.
Senhor!.. Disseste-nos:- "dou a vós outros a minha paz" e tens mantido a tua promessa, através de todos os séculos da vida cristã.
Inspira-nos, por misericórdia, o respeito e a fidelidade aos teus designios para que não venhamos a perder a paz que nos deste, com a intromissão de nossos caprichos, na paz que nos vem de Deus.
Assim seja.
XAVIER, Francisco Cândido. Ação e Caminho. Pelo Espírito Emmanuel. IDEAL.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Vida de Sonhos

Nossa vida deve ser feita de sonhos.
Sonhos possíveis! Que conseguimos realizar.
Mas os sonhos que valem a pena são aqueles que precisamos lutar por eles!
Acreditar! Trabalhar! Lutar!
As vezes, precisamos acreditar neles antes mesmo deles existirem.
São apenas fiapos de sonho. Sonhe mesmo que digam que não vale a pena,
pois parte da felicidade do sonho é planejar e "por a mão na massa",
a outra parte é realizar!

#sonhosarealizar

#vidadesonho
#umdiaaposooutro

sábado, 7 de dezembro de 2013

Ame-se Incondicionalmente!

 Antes de você amar e perdoar o próximo, você deve se amar e se
Só depois disso é que você vai conseguir amar incondicionalmente o outro.
Ame, você, incondicionalmente!
Você também merece o seu Amor!
Tens virtudes e defeitos que são só seus! É o que te fazem como és.
Não gosta de seus defeitos?
Corrija-os!
Não acredita em suas virtudes? Trabalhe-as para fortalecer!
Mas o amor por você deve prevalecer!
Neste caminho pelo amor próprio haverá muitas quedas. Mas não se preocupe! Levante e continue!
Perdoe seus erros e acredite que eles fazem parte de seu crescimento.
Ninguém é perfeito e não erra nunca.
Estamos aqui para aprender e o erro faz parte do aprendizado.
E alguém lhe diz que nunca errou é porque não faz nada ou está mentindo!
Ou então, está com amnésia... Rsssss
Mas o mais importante é o seu Amor Incondicional por você mesmo!
Você não conseguirá dar amor para o outro se você não tiver por você mesmo. Pois só conseguimos dar algo para o próximo se já o tivermos.
Ame-se incondicionalmente!!
perdoar. Aceitar você como você é primeiro para depois conseguir aceitar o outro.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Mesmo que...

Mesmo que não tenha sol...
         Levante-se para mais um dia!
Mesmo que o dia anterior não tenha sido bom...
         Levante-se para mais um dia!

Mesmo que o cansaço seja grande...
         Levante-se para mais um dia!
Mesmo que o desanimo prenda a tua Alma...    
          Levante-se para mais um dia!

Pois poderá ser este dia que fará a diferença em sua vida.
Aquele dia especial que você, mesmo não sabendo, aguarda desde seu nascimento.
Ou então, pode ser o dia que você fará a diferença na vida do Outro.

Não importa como você foi deitar...
          Levante-se para mais um dia!

E você verá que o ontem ficou para trás e que hoje é um novo dia, pronto para que você faça diferente e que faça a diferença na sua vida ou na vida do próximo!

Janaína Schüssler

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Vida Passageira

Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes.
Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, mesmo ainda em botão. Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranquilas, vividas, se entregam ao vento.
Mas a gente não sabe adivinhar. A gente não sabe por quanto tempo estará enfeitando esse Éden e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor. E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros.
Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos.
Perdemos dias, às vezes anos. Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio
Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação.
E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós. Reclamamos do que não temos, ou achamos que não temos suficiente.
Cobramos. Dos outros. Da vida. De nós mesmos.
Nos consumimos. Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente.
E se experimentássemos comparar com aqueles que possuem menos?
Isso faria uma grande diferença.
E o tempo passa…
Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa.
Até que, inesperadamente, acordamos e olhamos pra trás. E então nos perguntamos: E agora?
Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos.
Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso.
Não olhe para trás. O que passou, passou.
O que perdemos, perdemos.
Olhe para frente!
Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor.
Ainda é tempo de voltar-se para Deus e agradecer pela vida, que mesmo passageira, ainda está em nós.
Pense…
E Não o perca mais…
Meimei

domingo, 10 de novembro de 2013

15 coisas que você precisa abandonar para ser feliz



Essa lista é uma tradução, o texto original e em inglês é do World Observer Online.

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo
Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados – querem ter sempre razão – mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causar estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena, mesmo. Sempre que você sentir essa necessidade “urgente” de começar uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: “Eu prefiro estar certo ou ser gentil?” (Wayne Dyer) Que diferença fará? Seu ego é mesmo tão grande assim? 

2. Desista da sua necessidade de controle
Estar disposto a abandonar a sua necessidade de estar sempre no controle de tudo o que acontece a você e ao seu redor – situações, eventos, pessoas, etc. Sendo eles entes queridos, colegas de trabalho ou apenas estranhos que você conheceu na rua – deixe que eles sejam. Deixe que tudo e todos sejam exatamente o que são e você verá como isso irá o fazer se sentir melhor.
“Ao abrir mão, tudo é feito. O mundo é ganho por quem se desapega,
mas é necessário você tentar e tentar. O mundo está além da vitória.” Lao Tzu

3. Pare de culpar os outros
Desista desse desejo de culpar as outras pessoas pelo que você tem ou não, pelo que você sente ou deixa de sentir. Pare de abrir mão do seu poder e comece a se responsabilizar pela sua vida.

4. Abandone as conversinhas auto-destrutivas
Quantas pessoas estão se machucando por causa da sua mentalidade negativa, poluída e repetidamente derrotista? Não acredite em tudo o que a sua mente está te dizendo – especialmente, se é algo pessimista. Você é melhor do que isso.
“A mente é um instrumento soberbo, se usado corretamente.
Usado de forma errada, contudo, torna-se muito destrutiva.” Eckhart Tolle

5. Deixe de lado as crenças limitadoras sobre quem você pode ou não ser, sobre o que é possível e o que é impossível. De agora em diante, não está mais permitido deixar que as suas crenças restritivas te deixem empacado no lugar errado. Abra as asas e voe!
“Uma crença não é uma ideia realizada pela mente,
é uma ideia que segura a mente.” Elly Roselle

6. Pare de reclamar
Desista da sua necessidade constante de reclamar daquelas várias, várias, váaaarias coisas – pessoas, momentos, situações que te deixam infeliz ou depressivo. Ninguém pode te deixar infeliz, nenhuma situação pode te deixar triste ou na pior, a não ser que você permita. Não é a situação que libera esses sentimentos em você, mas como você escolhe encará-la. Nunca subestime o poder do pensamento positivo.

7. Esqueça o luxo de criticar
Desista do hábito de criticar coisas, eventos ou pessoas que são diferentes de você. Nós somos todos diferentes e, ainda assim, somos todos iguais. Todos nós queremos ser felizes, queremos amar e ser amados e ser sempre entendidos. Nós todos queremos algo e algo é desejado por todos nós.

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros
Pare de tentar tanto ser algo que você não é só para que os outros gostem de você. Não funciona dessa maneira. No momento em que você pára de tentar com tanto afinco ser algo que você não é, no instante em que você tira todas as máscaras e aceita quem realmente é, vai descobrir que as pessoas serão atraídas por você – sem esforço algum.

9. Abra mão da sua resistência à mudança
Mudar é bom. Mudar é o que vai te ajudar a ir de A a B. Mudar vai melhorar a sua vida e também as vidas de quem vive ao seu redor. Siga a sua felicidade, abrace a mudança – não resista a ela.
“Siga a sua felicidade e o mundo abrirá portas para você
onde antes só havia paredes” Joseph Campbell

10. Esqueça os rótulos
Pare de rotular aquelas pessoas, coisas e situações que você não entende como se fossem esquisitas ou diferentes e tente abrir a sua mente, pouco a pouco. Mentes só funcionam quando abertas.
“A mais extrema forma da ignorância é quando você rejeita
algo sobre o que você não sabe nada” Wayne Dyer

11. Abandone os seus medos
Medo é só uma ilusão, não existe – você que inventou. Está tudo em sua cabeça. Corrija o seu interior e, no exterior, as coisas vão se encaixar.
“A única coisa de que você deve ter medo é do próprio medo”
Franklin D. Roosevelt

12. Desista de suas desculpas
Mande que arrumem as malas e diga que estão demitidas. Você não precisa mais delas. Muitas vezes nos limitamos por causa das muitas desculpas que usamos. Ao invés de crescer e trabalhar para melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todo tipo de desculpas – desculpas que, 99,9% das vezes, não são nem reais.

13. Deixe o passado no passado
Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece bem melhor do que o presente e o futuro parece tão assustador, mas você tem que levar em consideração o fato de que o presente é tudo que você tem e tudo o que você vai ter. O passado que você está desejando – o passado com o qual você agora sonha – foi ignorado por você quando era presente. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida. Afinal, a vida é uma viagem e não um destino. Enxergue o futuro com clareza, prepare-se, mas sempre esteja presente no agora.

14. Desapegue do apego
Este é um conceito que, para a maioria de nós é bem difícil de entender. E eu tenho que confessar que para mim também era – ainda é -, mas não é algo impossível. Você melhora a cada dia com tempo e prática. No momento em que você se desapegar de todas as coisas, (e isso não significa desistir do seu amor por elas – afinal, o amor e o apego não têm nada a ver um com o outro; o apego vem de um lugar de medo, enquanto o amor… bem, o verdadeiro amor é puro, gentil e altruísta, onde há amor não pode haver medo e, por causa disso, o apego e o amor não podem coexistir), você irá se acalmar e se virá a se tornar tolerante, amável e sereno… Você vai alcançar um estado que te permita compreender todas as coisas, sem sequer tentar. Um estado além das palavras.

15. Pare de viver a sua vida segundo as expectativas das outras pessoas
Pessoas demais estão vivendo uma vida que não é delas. Elas vivem suas vidas de acordo com o que outras pessoas pensam que é o melhor para elas, elas vivem as próprias vidas de acordo com o que os pais pensam que é o melhor para elas, ou o que seus amigos, inimigos, professores, o governo e até a mídia pensa que é o melhor para elas. Elas ignoram suas vozes interiores, suas intuições. Estão tão ocupadas agradando todo mundo, vivendo as suas expectativas, que perdem o controle das próprias vidas. Isso faz com que esqueçam o que as faz feliz, o que elas querem e o que precisam – e, um dia, esquecem também delas mesmas. Você tem a sua vida – essa vida agora – você deve vivê-la, dominá-la e, especialmente, não deixar que as opiniões dos outros te distraiam do seu caminho.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Viva Melhor!



Faça como os passarinhos: comece o dia cantando. A música é alimento para o espírito.
Cante qualquer coisa, cante desafinado, mas cante! Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo de bom que a vida tem a oferecer.
Se insistir em não cantar, ao menos ouça muita música e deixe-se absorver por ela.
Ria da vida, ria dos problemas, ria de você mesmo. A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da gente mesmo.
Ria das coisas boas que lhe acontecem, ria das besteiras que você já fez. Ria abertamente para que todos possam se contagiar com a sua alegria.
Não se deixe abater pelos problemas.
Se você procurar se convencer de que está bem,
vai acabar acreditando que realmente está e quando menos perceber vai se sentir realmente bem.
O bom humor, assim como o mau humor, é contagiante.
Qual deles você escolhe?
Se você estiver bem-humorado, as pessoas ao seu redor também ficarão e isso lhe dará mais força.
Leia coisas positivas. Leia bons livros, leia poesia, porque a poesia é a arte de aceitar a alma.
Leia romances, leia a Bíblia, estórias de amor, ou qualquer coisa que faça reavivar seus sentimentos mais íntimos, mais puros.
Pratique algum esporte.
O peso da cabeça é muito grande e tem de ser contrabalançado com alguma coisa!
Você certamente vai se sentir bem disposto, mais animado, mais jovem.
Encare suas obrigações com satisfação.
É maravilhoso quando se gosta do que faz, ponha amor em tudo que está ao seu alcance.
Desde que você se proponha a fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça!
Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas.
Você pode até sair arranhado, mas verá que valeu muito mais a pena.
Não deixe escapar as oportunidades que a vida lhe oferece, elas não voltam!
Não é você quem está passando, são as oportunidades que você deixar de usufruir.
Nenhuma barreira é intransponível se você estiver disposto a lutar contra ela; se seus propósitos forem positivos, nada poderá detê-los.
Não deixe que seus problemas se acumulem, resolva-os logo.
Fale, converse, explique, discuta, brigue: o que mata é o silêncio, o rancor.
Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que você as estima, as ama, precisa delas, principalmente em família.
AMAR NÃO É VERGONHA, pelo contrário, É LINDO!
Volte-se para as coisas puras, dedique-se à natureza.
Cultive o seu interior e ele extravasará beleza por todos os poros.
Não tente, faça. Você pode! Todos Podemos.
Então... Vamos Lá!!

Autoria atribuída a
Benjamin Franklin

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Mar de Rosas

http://carolinachiquechique.blogspot.com.br/2010/12/mar-de-rosas.htmlDizemos que a vida é "Mar de Rosas" apenas quando queremos dizer que estamos num período tranquilo, feliz, calmo...
Mas acredito que nossa Vida é sempre um mar de rosas! Mesmo quando não estamos tranquilos, felizes, calmos... Quando a Vida nos machuca!
Pois, assim como a rosa não tem apenas suas pétalas delicadas, macias e perfumadas. E tem suas folhas, seu caule e seus espinhos. Que é de sua natureza, que faz parte da Rosa, nossa vida também possui seus espinhos.
Se quisermos viver neste "mar", precisamos, também, aguentar os espinhos...
Assim também iremos aproveitar o doce perfume da Vida!

Uma ótima noite!
Uma ótima semana!

Janaína Schüssler

sábado, 28 de setembro de 2013

Deus é Gerente do banco chamado: "VIDA"

Recebi esta mensagem do grupo "Allan Kardec" que assino.
Achei-o muito interessante! E que vale a pena ler e reler!

Deus é Gerente do banco chamado: "VIDA"

Deus não nos dá o fardo mais pesado que aguentamos carregar.
Quando o fardo é muito pesado, ele é dividido para não nos sobrecarregar.
Por isso, muitas pessoas passam por um problema e assim que este se resolve logo aparece outro para ser resolvido. No intervalo de um fardo a outro Deus nos concede tempo para ganharmos fôlego.
Mas, como Deus é misericordioso, Ele ainda, nos dá a oportunidade de diminuir esse fardo.
Vejamos como isso pode ocorrer.
Jesus disse que: “o amor cobre multidão de pecados (erros).” Vejamos o que disse Divaldo Franco: O Bem que eu faço é Bem que me faz Bem; o mal que pratico é desequilíbrio que me faz mal; todo Bem que eu pratico, diminui o mal que eu pratiquei; todo mal que realizo, aumenta a carga dos males que eu já fiz. Então, se eu trago um carma muito pesado o Bem que eu vou fazendo, eu vou diminuindo, porque Deus não é cobrador de impostos, Deus é amor, e na sua lei o que vigora é o Bem.
Vamos tentar explicar melhor:Deus é gerente do Banco da vida. E cada um de nós tem uma conta aberta nesse Banco. Cada ato negativo é como se fizéssemos uma dívida neste Banco. Como podemos pagar esta conta? Com depósitos de amor, de caridade. Todo ato de amor que praticamos, fazemos um depósito nesta conta que irá quitando aos poucos nossa dívida. Só que, nesta conta não nos será cobrado juros, apenas o justo, ou seja, a colheita será conforme o plantio, porque Deus não é cobrador de impostos, Deus é amor.

Rudymara

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Minha primeira Corrida de Rua - 5Km

Eu já havia escrito aqui que estou aprendendo a correr... 
Estou iniciando... 
Ainda estou treinando correr 5 km sem ter caminhadas.

Mas neste fim de semana, teve a Track&Field Run Series Garten Shopping - Joinville e eu participei e ganhei minha primeira medalha de participação.

É indescritível a sensação de participar de um evento deste.

Não fui esperando que conseguisse chegar entre as 5 primeiras colocadas (kkkkkk)
Fui para tentar me superar e conseguir terminar a corrida.
E consegui!
Fiquei muito feliz com minha performance. Consegui fazer meus 5km em 00:32:49.

Esta foi a primeira! Vamos esperar a próxima para ver como me saio.

Uma ótima semana para todos!




quinta-feira, 29 de agosto de 2013

#aprendendoacorrer

Correr é um ótimo exercício! É o que estou achando ultimamente... rssss
Comecei a correr no fim de Julho, com a meta de... Conseguir correr... Apenas...
 

Mas não é fácil. Primeiro você tem que vencer a inercia. 
É muito mais fácil ficar parado que ir fazer algum exercício.
Depois, você tem que vencer o seu corpo.
Tens que acostumar o corpo a resistir.

Eu estou utilizando a planilha acima. Acho mais fácil de entender e usar.
Mas eu faço 5km ao invés de 30 min.

Há outras planilhas e outras formas de marcar tempo/distancia.
Escolha a melhor para você. 
Lembre-se que você precisa ouvir seu corpo. 
Não o force demais. Correr muito acima do que seu corpo aguenta só vai causar lesões e tempo para recuperar e ficar longe dos treinos. O que vai atrasar seu desempenho.

E você, tem alguma experiencia em corrida para compartilhar?
Escreva nos comentários!


segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O "meio do ano" já passou!...

Já estamos em agosto!
E o que você fez até agora para mudar sua vida pra melhor?
Conseguiu iniciar seu projeto feito na virada do Ano?
Temos 5 meses para pôr em prática nosso plano!
Vamos lá! Mexa-se!
Não fique aí parado, achando que não vai dar certo!
Se não começar, nunca vai acontecer!
O primeiro passo é o mais difícil!
Depois nos acostumamos com o ritmo!
Não desista e não pare!
Continue sempre!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Livros = Imaginação

Não é segredo para ninguém que me conhece: eu AMO ler!
E adoro livros!

Acho que os livros nos levam para lugares onde dificilmente poderíamos ir!
Ou ser alguém diferente, viver algo fora de nossa realidade...

Porque estou falando disso? Já que, quem lê, sabe disso?

É que no fim de semana que passou, eu li o livro O Lado Bom da Vida , de Matthew Quick. É um livro de 256 páginas, tranquilo de ler em uma semana, certo? Pra mim não foi! Comecei a ler no sábado a noite e só parei, domingo no inicio da tarde, quando terminei de ler. A história envolvente me fez não largar o livro! Minha média de páginas por dia, já chegou a 50 páginas. Mas com este, li 256 páginas em 2 dias! Cerca de 128 páginas...

Quanto à imagem... Tem dias que me sinto assim, quando leio... Voo looongeee....

Leia sempre! Não importa a quantidade, o que importa é o que você sente ao ler!



domingo, 14 de julho de 2013

Nós também merecemos!

Outro dia eu estava pensando no quanto é bom fazer algo especial para quem gostamos.
Surpreender alguém. E não precisa ser algo espetacular, incrível, fantástico!
Às vezes só algo diferente do normal já faz o outro feliz!

E por que não fizemos isso com a gente, também?
Fazer algo que gostamos para nós mesmos sem que seja um dia especial.
Fazer aquela massa que você adora ou tomar uma taça de vinho durante a semana...

Ou então, ir a algum lugar que você goste e ficar fazendo companhia pra você mesmo!
Você também merece um "mimo" de vez em quando, não?  ;-D

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Feliz! - Acessos no Blog!

Quero dizer que estou muito feliz com meu Blog!
Eu comecei a escrever ele para mim mesma.
Uma forma de desabafo... Mas que aos pouco foi crescendo e hoje já tenho muito acessos...
Tá certo... Não é um blog famoso com milhares de acessos diários...
Mas estou muito feliz com todos que acessam ele e quero agradecer vocês por lerem minhas palavras!
Meu muito obrigada! De coração!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

"The winter is coming!" - Lord Ned Stark,

Atualmente estou lendo duas séries de livros: "O Tempo e o Vento" de Érico Veríssimo e "As Crônicas de Gelo e Fogo" de George R. R. Martin

São duas séries de livros nada pequenas. A de Érico Veríssimo são 7 livros, com uma média de 550 páginas. Já a de George R. R. Martin são "apenas" 5 livros, mas a média de páginas passa para 1.000... (Isso mesmo! rsss)

Mas agora, gostaria de falar sobre "As Crônicas...": é uma série fantástica, irreal!
Que te faz amar/odiar e mesmo assim, não consegue largar! 
É uma surpresa atrás da outra! Reviravoltas fazem parte constante de cada capítulo.

Que há uma particularidade. Os capítulos não são como nos outros livros uma sequencia de fatos. Nestes, cada capitulo, um personagem é o foco! É como se estivéssemos, a cada capitulo ao lado de um dos personagens.

Para quem AMA ler, aconselho a pegar o primeiro volume "A Guerra dos Tronos" e se viciar nessa crônica!

Para quem não gosta muito de ler... Meu conselho é nem pegar para ler... Rsss
Lembre-se: são CINCO livros com +- MIL páginas cada um!
(e dizem que haverá mais 2!!! Que saiam logo! Apesar de eu estar ainda no segundo...)

Ah, existe o site Skoob, onde você pode criar um perfil e anotar os livros que você já leu, que está lendo e que pretende ler! E pode também fazer comentários dos livros lidos e ler o que outros usuários estão comentando sobre o livro que você pretende ler.
Quem estiver curioso sobre os meus livros preferidos é só acessar o site e ir no meu perfil.



Abaixo uma descrição "mais profissional" sobre "As Crônicas de Gelo e Fogo".


As Crônicas de Gelo e Fogo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Capa dos livros da série em sua versão norte-americana.
As Crônicas de Gelo e Fogo (no original em inglês: A Song of Ice and Fire) é uma série de livros de fantasia épica escrita pelo romancista e roteirista norte-americano George R. R. Martin, e publicada pela editora Bantam Spectra. Martin começou a desenvolvê-la em 1991 e o primeiro volume foi lançado em 1996. Originalmente concebida para ser uma trilogia, a série consiste em cinco volumes publicados, com mais dois planejados. Martin também escreveu três contos derivados e algumas novelas que consistem de resumos dos livros principais.
Existem três argumentos principais na história que interligam-se cada vez mais ao decorrer dos livros: a crônica de uma guerra civil dinástica entre várias famílias concorrentes pelo controle dos Sete Reinos; a ameaça crescente das criaturas sobrenaturais conhecidas como os Outros, que habitam além de uma imensa muralha de gelo ao Norte; e a ambição de Daenerys Targaryen, a filha exilada de um rei assassinado em outra guerra civil ocorrida treze anos antes, prestes a voltar à sua terra e reivindicar seu trono por direito.