Um Dia Após o Outro!

Mudanças

Olá a todos!
O blog está passando por reformulações. Um pouco por vez para ficar mais bonito, funcional e clean! rsrs

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Resenha: NÃO OLHE! / NÃO FUJA! (FML Pepper)

Terminei de ler a trilogia Não Pare! (resenha do primeiro livro, aqui)
Não consegui (e nem quis!) parar de ler!
A história de Nina e Rick é muito envolvente e cheio de reviravoltas.
A cada momento que passa, a trama fica mais intensa!
E quando achamos que acabou... Que nada mais resta...
Eis a surpresa!! 
Não, não vou contar! Se não, perde a graça!
E nada de spoilers! rsssss

A partir desta resenha, vou colocar estrelas, depois da sinopse do livro.
Será a mesma classificação que colocarei no Skoob.


Não Pare!






Não Olhe! - Zyrk pode estar com as horas contadas: a híbrida acabou de cruzar o portal e o frágil equilíbrio entre os quatro clãs encontra-se definitivamente ameaçado. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder.
Fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir se a Morte possui várias faces?
Nina acorda entre a vida e a morte na terceira dimensão, levada para a sombria Thron. Richard, o nada confiável resgatador de apaixonantes olhos azul-turquesa, luta contra sua própria natureza. Cruel e sanguinário, Rick está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos.
Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor?
Ele e a híbrida viajarão por toda Zyrk, e ela irá se deparar com um universo fantástico, um mundo violento, o plano da Morte. Lutando para se libertar de seus medos e determinada a encontrar seu caminho e sua identidade, Nina embarcará em uma jornada de descobertas arrasadoras, um percurso sem volta.
Mas a garota das pupilas verticais descobrirá que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras que lendas ou maldições.





Não Fuja! - Vida.
Morte.
O que há entre elas?
Antes delas?
Depois delas?
Como distinguir a linha tênue entre dois universos tão distintos e intimamente ligados?
Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida?
Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte?
O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida embebida de escuridão?
Que caminho tomar quando o perigo é real?
A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção, a vida, uma batalha, a morte, uma bênção. 


sábado, 26 de setembro de 2015

Era Uma Vez...


Era uma vez... Duas... Três...
Ela sempre desastrada e distraída, tropeçando e esquecendo as coisas pelo caminho.
Triste com sua sina, tentou de tudo... Fitas amarradas no pulso, marcas de caneta na mão, anotações em agendas. Às vezes, ajudou. Outras, olhava a fita, a marca na mão e não lembrava porque a tinha feito... Era frustrante...
Mas chegou o dia que decidiu mudar! Já que não conseguia deixar de ser desastrada e distraída, iria relaxar e não mais se preocupar. Tropeçou? Iria dar risadas. Esqueceu? Compraria outro...
E, de repente, notou algo interessante: começou a se sentir mais feliz!
Ela não havia mudado seu jeito, era a mesma desastrada e distraída. O que havia mudado era o jeito que encarava sua vida.
Estava mais leve, mais tranquila. Para ela, o segredo foi não deixar a opinião alheia influenciar sua vida e cuidar de seus pensamentos para não influenciar negativamente a via alheia.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Resenha: Cilada (Harlan Coben)

Este foi o primeiro livro que li de Harlan Coben e já fiquei fã dele.
É uma história de mistério, com diversas reviravoltas.
Este livro não te deixa ter uma visão do que irá acontecer na próxima página.
 Você não tem como seguir uma linha de raciocínio como acontece com os livros de Agatha Christie (pelo menos, não no livro Cilada).
Toda hora surge um fato novo que faz você mudar o rumo de seu raciocínio.
O final dele foi, para mim, surpreendente!
E nada esperado! E era isso que eu esperava, já que eu já sabia que era um livro de suspense e mistério.


Cilada - Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior.
O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida.
Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente.
Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios.
Harlan Coben mais uma vez deixa o leitor sem ar. Cilada fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Nada é o que parece e tudo pode ser desfeito até a última página.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Meditação

A cada dia que passa, está ficando mais dificil ficar tranquilo, relaxar.
Temos, cada vez mais, a informação chegando de forma rápida. 
E conseguimos uma quantidade de informação acima de nossa capacidade de processamento.
O que nos leva a uma intranquilidade, refletindo um estresse sem igual.

Cada vez mais precisamos ter um tempo só nosso para nos "desligar" do mundo exterior e "conectar" ao nosso mundo interior.

Cada um faz de uma forma.

Ouve-se música.
Pratica corrida, ou algum exercício.
Algum esporte.
Vai à Igreja/Templo/Centro...

O importante é conseguir relaxar para conseguir continuar a jornada desta vida da melhor forma possível.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Resenha: NÃO PARE! (FML Pepper)


Suas pupilas verticais, os acidentes estranhos e quase mortais e as constantes mudanças (de cidade/de país) que ela e sua mãe faziam, Nina já deveria ter sentido que havia algo estranho com ela. 
Mas achava que era apenas a pessoa mais azarada do planeta.
Prestes a completar 17 anos, Nina descobre que é especial, mas ainda não sabe se isso é bom ou não...
Depois que estranhos acidentes acontecem ao seu redor, Nina começa a entender o porquê de sua mãe ser tão paranoica por segurança e porquê estavam sempre de mudança depois de cada acidente estranho acontecia com ela.



Este livro faz parte da Trilogia Não Pare, da escritora FML Pepper.
É um livro com gêneros que gosto muito: ficção, fantasia, suspense, romance.
Mas é um livro considerado infanto-juvenil.
O que pra mim não foi problema nenhum, e já estou começando a ler o segundo livro... rssss


Trilogia Não Pare
(1) Não Pare! Para se sentir vivo, você entregaria sua vida nas mãos da morte?
(2) Não Fuja! Se a morte não é o fim, o que virá depois?
(3) Não Olhe! Se a morte possui muitas faces, em qual delas confiar?
 




Não Pare! - Uma vida normal e tranquila seria tudo que uma adolescente odiaria ter, certo?
Não para Nina!
Por que tinha que viver como uma nômade (ou fugitiva!), mudando de cidade ou
país a cada piscar de olhos? Por que não podia saber nada sobre o paradeiro de seu
pai? Por que sua mãe era tão neurótica e supersticiosa?
Milhares de perguntas.
Nenhuma resposta.
O que significavam aqueles estranhos calafrios, acidentes e mortes que insistiam
em acontecer ao seu redor? Teriam eles alguma ligação com o seu defeito de nascença?
Ou seriam causados pelo selvagem bad boy de hipnotizantes olhos
azuis-turquesa que costumava aparecer nos momentos mais assustadores?
Nina jamais poderia imaginar que aquele garoto sombrio de corpo escultural e
fisionomia atormentada lhe abriria os olhos para um universo paralelo.
Só ele tinha as respostas para os seus mais íntimos questionamentos, mas cobraria
um preço muito alto para fornecê-las:
A vida dela!

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

A Vida é feita de Escolhas

Nossa vida é feita de escolhas! 
Podemos escolher o que queremos para nossa vida e ir atrás!
Ou deixar a vida nos levar e sermos escolhidos (mas isso também será nossa escolha, certo?).

Fazer o que gostamos ou gostar do que fazemos?
O que você acha melhor para você?
Eu gosto do que faço, mas ainda quero fazer o que gosto!
Ler e escrever são minhas paixões!
Ler é o que mais tenho feito em minhas horas de folga. 
O resultado disso: muitas resenhas para pôr no ar aqui no blog.
Espero que vocês não cansem de ler "Resenha:" no título de meus post... rsss

Cada um tem seu sonho para ir atrás.
Eu estou indo atrás do meu...

Ter um segundo livro...
Pois o primeiro já foi lançado... 

sábado, 12 de setembro de 2015

Amizade!

Existe um universo ao nosso redor!
Muita gente indo e voltando!
Se encontrando e partindo!
E dentre tanta gente...
(em 31/10/2011 éramos 7 bilhões segundo o Wikipédia)
A gente encontra aquele que se torna um(a) amigo(a) especial.
Aquele(a) que a gente pode contar a toda hora.
Contar nossas dúvidas e aflições.
E também ser o "ouvido" para ele(a).

Amigo(a) serve para dar conselhos, puxões de orelha, ou apenas para falar amenidades.
Livro que leu, filme que assistiu, comida que provou...

A Vida fica mais leve quando temos um(a) amigo(a) do nosso lado.
Nos ajudando a carregar o "fardo" que chamamos de vida.

Trocar experiências, gostos, ideias...
Ou para discordar,  reclamar, brigar!
Sem nunca perder o carinho, respeito e admiração por ele(a).

Para cada momento, há um(a) amigo(a) pronto pra nos estender os braços.
Mas o AMIGÃO, sempre estará ali. 
Mesmo passando tempo sem conversar, ele(a) estará ali para te dar apoio.

E você ser este AMIGÃO, também não tem preço. 
Saber que a pessoa que está ao seu lado confia em você é uma sensação boa demais!
Aquece o coração e me deixa cheia de felicidade!

Janaína Schüssler

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Resenha: Aluga-se um Noivo (Clara de Assis)

Mais uma autora nacional! 
Já disse que quero ler mais autores nacionais? rsss

Adorei cada capítulo deste livro.
É um livro forte, intenso! E fofo? (talvez...)
Comecei a ler numa sexta-feira e não parei de ler até terminar (no sábado a noite)!
Emociona a cada página lida. E ficamos torcendo por um "Final Feliz" entre Débora e Theo, mas só saberá o que acontece, lendo até o fim. Mas isso não será problema, já que você não vai conseguir largar o livro!

Aluga-se Um Noivo - Nada poderia ter afetado tanto Débora Albuquerque quanto ter de enfrentar seu ex-namorado, João, como padrinho de casamento de seu irmão. Como se não bastasse, acompanhado por sua nova namorada, ninguém menos que Letícia, a quem Débora um dia chamou de amiga.

A situação já parecia bastante ruim, quando Débora teve a brilhante ideia de surgir na festa, muito bem acompanhada. Para tanto, acordou com um garoto de programa, Théo, para que fizesse a vez de namorado e juntos seriam o casal mais feliz do Mundo. Por sorte, ou não, a inseparável melhor amiga de Débora, Carol, resolveu dar uma mãozinha e o que antes era uma loucura, tornou-se algo mais complicado que nunca, de namorado a noivo, num piscar de olhos.

Débora, carioca, balzaquiana, estava disposta a pagar quanto fosse para não aparecer sozinha na festa. Théo seria o namorado ideal, lindo, sofisticado, com sotaque italiano e extremamente sedutor. O plano era perfeito, mas Débora se apaixonou...

domingo, 6 de setembro de 2015

Resenha: Não estava em meus planos (Livia Moura)

Um estilo de livro que estou gostando muito é aquele que tem os pontos de vista dos dois personagens principais. Onde mescla a visão deles, e entendemos o comportamento do casal.
Ultimamente tenho lido vários romances e tenho me apaixonado por cada um deles... Rssss
E este não foi diferente...
A historia começa com Sam, repórter apaixonada pelo seu trabalho e Rodrigo, seu amigo de infância desde que o conheceu, sabendo que ele irá casar! Mas, infelizmente ela não será a noiva.
Em seguida, é a vez de André, fotógrafo da revista concorrente de Sam, receber a notícia que Julia, sua ex-namorada e atual "rolo", vai casar.
Sam e André partem para a missão de evitar este casamento. Um não sabe da intenção do outro até se encontrarem na Ilha onde acontecerá o casamento. Mas esse encontro, como em todos os encontros profissionais, não é nada amigável.
Como disse a Sam, isso está parecendo uma versão moderna de Quadrilha, de Drummond de Andrade: Samantha ama Rodrigo que ama Julia que ama André que ama ele mesmo.

Eu quis dar uma surra no Rodrigo desde o primeiro capítulo...
Já sobre Sam e André... 
É melhor você ler o livro pra saber... Não vou dar spoiler aqui não... Rsss





Sinopse: Não estava nos planos - Samantha tem uma carreira de dar inveja em qualquer mortal sendo uma das jornalistas mais promissoras da mais prestigiada revista do país. Mas no que diz respeito a vida amorosa, a mulher de 25 anos é um completo fiasco por conta da paixão secreta que nutre pelo melhor amigo desde que se entende por gente. A coisa toda só piora mais um pouquinho quando Rodrigo, o tal amigo, dá a notícia que vai se casar com Júlia - uma garota que praticamente acabou de conhecer - e ainda convida Samantha para ser sua madrinha.
Determinada a ficar próxima do casamento para tentar convencer o amigo de que essa ideia é um grande erro e sabendo que a última oportunidade de se declarar está se aproximando, Sam resolve aceitar a difícil missão. O que ela com certeza não esperava era encontrar André na viagem de preparação para o casamento, um dos seus grandes rivais na profissão por ser fotógrafo na maior concorrente da revista onde trabalha e viver disputando com ela os maiores furos de notícias.
O que ela esperava menos ainda era descobrir que, por mais impossível que pudesse parecer, talvez os dois tivessem pelo menos uma coisa em comum, já que o cara é ex-namorado da noiva e, pelos mesmos motivos e intenções que fizeram de Samantha uma das madrinhas, topou participar e fotografar o evento de casamento.
Uma única viagem pode ser a oportunidade para que muitas verdades venham à tona ou, ainda, para que mais dúvidas surjam... E se Samantha e André dessem um tempo em suas diferenças e se unissem para tentar dar um fim nesse casamento, mas acabassem envolvidos um pelo o outro? E se, ao mesmo tempo, a insegurança de Rodrigo com seu futuro o fizesse pensar se é realmente Sam a mulher de sua vida depois de tanto tempo a vendo só como uma amiga enquanto Júlia tem uma recaída pelo seu ex tão sedutor?
Muita coisa não estava nos planos do casamento que era pra ser perfeito... Principalmente um quadrado amoroso dos mais complicados.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Resenha: À procura de Lucas (Flávio Cruz)

Sinopse: O romance de ficção científica “À procura de Lucas” navega pela área ainda pouco conhecida do cérebro humano. A partir de um acidente automobilístico, Lemar, o personagem principal, perde a memória e junto com ela, a própria identidade. Através de áreas da Ciência que vão desde a Genética até a Nanotecnologia e a Informática, uma grande cientista brasileira e sua equipe tentam recuperar esse cérebro. Mas existem outros dilemas, outras buscas. Onde estará Lucas, o irmão de Lemar, que também estava no acidente? Além disso, quando tudo aconteceu? Foi em 1998 ou está acontecendo em 2042? A narrativa vai aos poucos, desvendando os mistérios. Nem tudo, porém, se revela do jeito que o leitor espera. Há suspense e surpresa cada página.

Quem começa a ler "À procura de Lucas" encontra um irmão sem muita memória e a procura de seu irmão mais novo: o Lucas.
Com o tempo, você percebe que há uma confusão com a memória de Lemar, e percebe, já na metade do livro, que, na verdade, não é bem o que parece no inicio.
Mas o que você não imagina é o final surpreendente. É estilo o filme "Sexto Sentido": alguns eventos que parecem sem lógica, ao terminar de ler, começam a fazer sentido. E na segunda leitura, você já estará mais antenado nesses pontos!
Com certeza, eu nunca iria imaginar um final como este.
Um ótimo livro sobre ficção científica pra quem gosta de imaginar como será o futuro.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Resenha: "Sempre Foi Você" (Carrie Elks)


Sinopse: Londres, 31 de dezembro de 1999. Aos 17 anos, a britânica Hanna Vincent conhece o americano Richard Larsen: um estudante rico, encantador e sedutor que vai virar seu mundo de ponta-cabeça. Um relacionamento entre eles é improvável, já que vivem em mundos completamente diferentes. Mas aos poucos uma grande amizade vai surgindo e leva os dois a uma relação explosiva, cheia de paixão, amor e aventura.

"– Richard, nós tivemos um bebê."

Foi assim que a autora Carrie Elks termina o Prólogo de seu livro e é aí que você começa a viajar nesse romance com muitos altos e baixos.
Muitas idas e vindas, principalmente entre os EUA e a Inglaterra.
A história de Hanna e Richard faz você torcer por eles, pelo "final feliz" que nunca chega e sempre imaginando que chegará na próxima página.
Mas nada é tão simples quando se trata de Hanna e Richard.
Esse é um dos livros que deixou meu coração feliz e triste.
Sim! Feliz pela história. Triste por ter terminado a história... rssss
Ah, sim...
Eu fico triste quando termino de ler um livro que gosto muito...
Mas não venha com essa de "ressaca literária" que minha lista de próximos livros está grande!
E não para de crescer!! rssss